Folgosinho freguesia do concelho de Gouveia, distrito da Guarda, província da Beira Alta, vila antiquíssima e sede de concelho até 1836, fica situada na encosta norte da serra da estrela, a 933 metros de altitude, a 6 quilómetros da Quinta das Cegonhas, a 11 quilómetros de Gouveia, a 45 da Guarda e a 60 de Viseu.

A situação altaneira de Folgosinho permite-lhe oferecer um espectáculo deslumbrante a perder de vista, no horizonte infindo, pintalgado de inúmeras povoações dos concelhos de Mangualde,Gouveia, Fornos de Algodres e Celorico da Beira, mas, se subirmos a S. Tiago, Viseu e Guarda oferecem-se acolhedoras aos nossos olhos extasiados de tanta beleza e imensidão.

  • Campismo__1
  • Campismo__10
  • Campismo__11
  • Campismo__12

Esta povoação de difícil acesso e fácil defesa, nos primórdios da sua existência, quase inacessível, antes da abertura da estrada nacional, em 1914, que a liga a Nabais e segue para o Freixo, nasceu e cresceu entre dois pólos opostos, o castelo e o Outeiro, dois possíveis castros pré-históricos, com a igreja Matriz, a Praça e as Casas da Câmara, ao centro, para onde convergem todas as ruas, atalaia vigilante das invasões inimigas, sobretudo dos Sarracenos e Leoneses, formando com Linhares e Celorico da Beira um triângulo defensivo contra as arremetidas do inimigo, pelo vale do Mondego.

  • Campismo__13
  • Campismo__16
  • Campismo__18
  • Campismo__2
  • Campismo__6
  • Campismo__7

Podemos Visitar em Folgosinho:

O Castelo;
Pelourinho;
A Igreja;
A Fonte de Pedrão, a dos limos verdes, a do outeiro e a do gorgulhão;
A Casa do Viriato;
Pias;
A Cabeça do faraó;
A Pedra Furada;
Versos nas Paredes de Folgosinho;